FESTA DA LITERATURA E DO PENSAMENTO

CARAVANA LITERÁRIA

HOMENAGEM A EDUARDO LOURENÇO

logo-Guarda-2027-1

FESTA DA LITERATURA E DO PENSAMENTO

CARAVANA LITERÁRIA

HOMENAGEM A EDUARDO LOURENÇO

3 SETEMBRO

GUARDA

4 SETEMBRO

ALMEIDA

5 SETEMBRO

VILA NOVA DE FOZ CÔA

CARAVANA LITERÁRIA 2021

A 1ª edição de CARAVANA LITERÁRIA – Festa da Literatura e do Pensamento presta homenagem a Eduardo Lourenço. Trata-se de uma iniciativa internacional que se realiza no âmbito dos trabalhos da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027.

APOIO DE

UMA FESTA DA LITERATURA

CARAVANA LITERÁRIA – Festa da Literatura 2021 apresenta um programa em torno da vida e obra de Eduardo Lourenço, um dos mais importantes pensadores portugueses do último século, e também o mais consagrado a nível internacional, que decorre entre 03 e 05 de Setembro, em três cidades: Guarda, Almeida e Vila Nova de Foz Côa. Os eventos são de entrada livre, à exceção do concerto de Sérgio Godinho, no TMG.

Esta homenagem é protagonizada por poetas e pela voz da poesia, em colaboração com músicos e actores. A ela se associam convidados de diversos quadrantes da cultura, da ciência e das artes, em comunicações e testemunhos sobre a importância do legado de Eduardo Lourenço para as sociedades de hoje, tendo em foco o seu pensamento sobre poesia e sobre o mundo contemporâneo.

CARAVANA LITERÁRIA – Festa da Literatura 2021 apresenta um programa em torno da vida e obra de Eduardo Lourenço, um dos mais importantes pensadores portugueses do último século, e também o mais consagrado a nível internacional, que decorre entre 03 e 05 de Setembro, em três cidades: Guarda, Almeida e Vila Nova de Foz Côa. Os eventos são de entrada livre, à exceção do concerto de Sérgio Godinho, no TMG.

Esta homenagem homenagem é protagonizada por poetas e pela voz da poesia, em colaboração com músicos e actores. A ela se associam convidados de diversos quadrantes da cultura, da ciência e das artes, em comunicações e testemunhos sobre a importância do legado de Eduardo Lourenço para as sociedades de hoje, tendo em foco o seu pensamento sobre poesia e sobre o mundo contemporâneo.

HOMENAGEM A EDUARDO LOURENÇO

“A CARAVANA LITERÁRIA-Festa da Literatura e do Pensamento é uma iniciativa internacional que surge no âmbito dos trabalhos da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027, no quadro das parcerias com os 17 municípios associados. Trata-se de um projecto multidisciplinar para a região, consistindo esta 1ª edição num programa de Homenagem a Eduardo Lourenço, relevando a vida e a obra de um dos mais importantes pensadores portugueses do último século, e também o mais consagrado a nível internacional, a realizar entre os dias 03 e 05 de Setembro, em três cidades. Uma homenagem que será protagonizada por poetas e pela voz da poesia, em colaboração com músicos e actores.

A ela se associam convidados de diversos quadrantes da cultura, da ciência e das artes, em comunicações e testemunhos sobre a importância do legado de Eduardo Lourenço para as sociedades de hoje, tendo em foco o seu pensamento sobre poesia e sobre o mundo contemporâneo.”

CARAVANA LITERÁRIA

Festa da Literatura e do Pensamento

Guarda – Almeida – Foz Côa / 03-05 Setembro 2021

O PROGRAMA

0
concertos
0
escritores
0
conferências
0
países
0
comunicações internacionais
0
performances e leituras poéticas
0
músicos e actores
0
poetas
0
performances e leituras poéticas

DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO

CONCERTO DE SÉRGIO GODINHO

21H00, GRANDE AUDITÓRIO DO TEATRO MUNICIPAL DA GUARDA

BILHETE PAGO

CONFERÊNCIA “PENSAMENTO E POÉTICAS DO ENSAIO”

14H30, ANTIGO CONVENTO DO LORETO, ALMEIDA

ENTRADA GRATUITA

CONCERTO RAP GLOBAL

18H00, GRANDE AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAL, VILA NOVA DE FOZ CÔA

ENTRADA GRATUITA

BIOGRAFIAS

  • ALEXEI BUENO
  • AUGUSTO MOUTINHO BORGES
  • FERNANDO CASTRO BRANCO
  • JOÃO ALMINO
  • JOSÉ RUI TEIXEIRA
  • ROSA OLIVEIRA
  • RUI MANUEL MISSA JACINTO
ALEXEI BUENO

Alexei Bueno, poeta, ensaísta, crítico, tradutor e editor, nasceu no Rio de Janeiro em 1963. Publicou dezesseis livros de poemas, com edições no Brasil e no exterior, além de numerosos títulos sobre arte brasileira, arquitetura, cinema e história. Recebeu prêmios como o Jabuti, duas vezes, APCA, Fernando Pessoa, ABL, Biblioteca Nacional, entre outros. Como editor organizou numerosas antologias e obra reunidas ou completas de grandes autores da língua portuguesa. Traduziu, entre numerosos nomes, San Juan de la Cruz, Tasso, Shakespeare, Leopardi, Longfellow, Nerval, Poe, Tennyson, Baudelaire, Mallarmé, Apollinaire etc. Entre 1999 e 2002 foi diretor do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro.

 

Augusto Moutinho Borges. Universidade de Lisboa, CLEPUL; Académico Correspondente da Academia Portuguesa da História, Membro Efetivo do Plenário da Comissão Portuguesa de História Militar-Ministério da Defesa Nacional; Delegado da Sociedade História da Independência de Portugal em Riba Côa; Diretor e Curador do Solar São João – Casa Memória, Almeida; autor de 30 livros; participação em 150 congressos e colóquios científicos. Prémio Imprensa Não Diária 2004, Prémio Defesa Nacional 2007, Prémio SOS Azulejo – Investigação 2010, Premio APOM 2018 – Investigação.

FERNANDO CASTRO BRANCO

Fernando de Castro Branco, Duas Igrejas (1959), professor, poeta, ensaísta, crítico literário, conferencista. Doutor em Literaturas e Culturas Românicas, Especialidade de Estética Literária, com a Dissertação de Doutoramento Adolfo Casais Monteiro e a Doutrina Estética da Presença, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Publicou o ensaio Poética do Sensível em Albano Martins e vários livros de poesia: Alquimia das Constelações (2005), Nome dos Mortos (2006), Estrelas Mínimas (2008), Plantas Hidropónicas (2008), A Caminho de Avoriaz (2010), Assinatura Irreconhecível (2011), Carta a Mim Mesmo (2016), Desde Portugal (2016) e De Coração Aberto (2021). Em 2009 reuniu a poesia até aí trazida a público no volume A Carvão. Publicou também poemas, contos e ensaios em revistas literárias portuguesas e estrangeiras. Está representado em múltiplas antologias poéticas.

laudantium cum accusamus ullam voluptatibus commodi numquam, error, est. Ea, consequatur.

JOÃO ALMINO

João Almino, um dos nomes mais importantes da literatura brasileira, tem sido aclamado pela crítica por seus romances Ideias para onde passar o fim do mundo (indicado ao prêmio Jabuti e ganhador de prêmio do Instituto Nacional do Livro), Samba-enredo, As cinco estações do amor (Prêmio Casa de las Américas 2003), O livro das emoções (indicado ao 7o Prêmio Portugal Telecom 2009), Cidade livre (Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon 2011; finalista do Jabuti e do Portugal Telecom) e Enigmas da primavera (finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016; prêmio Jabuti, 2.o colocado, pela edição em inglês).

 

Entre facas, algodão é seu mais recente romance. Alguns desses romances foram publicados na Argentina, Espanha, EUA, França, Itália, México e em outros países. Seus escritos de história e filosofia política são referência para os estudiosos do autoritarismo e da democracia. Também autor de ensaios literários, doutorou-se em Paris, orientado pelo filósofo Claude Lefort. Ensinou na UNAM (México), UnB, Instituto Rio Branco, Berkeley, Stanford e Universidade de Chicago. Em 2017 foi eleito para a Academia Brasileira de Letras.

JOSÉ RUI TEIXEIRA

José Rui Teixeira nasceu no Porto, em 1974. Depois dos estudos teológicos e filosóficos, doutorou-se em Literatura na Universidade do Porto. Dirige a Cátedra Poesia e Transcendência - Sophia de Mello Breyner Andresen, na Universidade Católica Portuguesa. Colabora com unidades académicas e centros de investigação na Europa e na América Latina. Diretor pedagógico do Colégio Luso-Francês. Autor de vários livros e artigos. Reuniu a sua poesia em "Autópsia" (Porto Editora), em 2019.

ROSA OLIVEIRA

Rosa Oliveira nasceu em Viseu, em 1958.

Publicou os ensaios Paris 1937 e Tragédias Sobrepostas: Sobre «O Indesejado» de Jorge de Sena.

Foi leitora na Universidade de Barcelona e é professora no ensino superior politécnico. Cinza, o seu primeiro livro de poesia (Tinta-da-China, 2013), foi galardoado com o Prémio PEN Clube Primeira Obra.

Tardio, Tinta-da-China em 2017, obteve o Prémio Literário Fundação Inês de Castro 2017.

errático, foi igualmente publicado pela Tinta-da-China em 2020.

desvio-me da bala que chega todos os dias foi editada pela (não)edições em janeiro de 2021.

A antologia Natureza quase viva editada pela Corsário-Satã (S. Paulo) está em circulação no Brasil desde março de 2021.

 

Tem poemas editados nas publicações literárias “Relâmpago”, “Colóquio-Letras”, “Suroeste” (Badajoz), “Eufeme”, “Logos”, “Nervo”, “Folhas, Letras & Outros Ofícios”, “Meteöro” (São Paulo), na revista on line “Trafika Europe” 19, no site de poesia “Lyrikline” e ainda nas antologias Voo Rasante (Mariposa Azual, 2015), Os cem melhores poemas portugueses dos últimos cem anos (Companhia das Letras, 2017), Manu Scripta (Glaciar, 2018), Mujeres Poetas – Voces de Portugal y Mexico (Ed. Eternos Malabares, México 2018), Sombras de porcelana brava – Diecisiete poetas portuguesas (Vaso Roto, Madrid, 2020)

Geógrafo. Investigador no Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT). Representante da Universidade de Coimbra na Comissão Executiva do Centro de Estudos Ibéricos [CEI].

GALERIA

FICHA TÉCNICA

CONCEPÇÃO E PROGRAMAÇÃO

Jorge Augusto Maximino

COMISSÃO CIENTÍFICA

Guilherme d’Oliveira Martins, Jorge Augusto Maximino, Maria Manuel Baptista, Nuno Júdice, Vítor Amaral

PRODUÇÃO, COMUNICAÇÃO E DESIGN

ILUSTRAÇÃO

Teresa Rêgo

PARCEIROS

Biblioteca Municipal da Guarda, Teatro Municipal da Guarda, Biblioteca Municipal de Almeida, Festival de Poesia e Música de Foz Côa

PROMOTORES

Câmara Municipal da Guarda, Câmara Municipal de Almeida, Câmara Municipal de V. N. de Foz Côa

Câmara Municipal da Guarda

Câmara Municipal de Almeida

Câmara Municipal de V. N. de Foz Côa

PARCEIROS

Biblioteca Municipal da Guarda, Teatro Municipal da Guarda, Biblioteca Municipal de Almeida, Festival de Poesia e Música de Foz Côa, Centro de Estudos Ibéricos

PROMOTORES

Câmara Municipal da Guarda

Câmara Municipal de Almeida

Câmara Municipal de V. N. de Foz Côa

LUGARES DA CARAVANA

GUARDA

BIBLIOTECA MUNICIPAL EDUARDO LOURENÇO, TEATRO MUNICIPAL DA GUARDA, JARDIM JOSÉ DE LEMOS

ALMEIDA

LARGO EDUARDO LOURENÇO, ANTIGO CONVENTO DO LORETO

VILA NOVA DE FOZ CÔA

GRANDE AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAL